Seguidores

QUEM SOU

Professor de Filosofia, gosto da palavra, que vem em forma de vivência, depois reflexão e, por fim, escrita (ou seria tudo junto, ao mesmo tempo?). Escrevo artigos, ensaios, livros e poemas. Abasteço meu pensamento em autores como Nietzsche, Schopenhauer e Hans Jonas e tento pensar sobre problemas que nos afetam sob esses espaços infinitos que nos ignoram.

Entre meus livros, estão os 3 volumes da Coleção Sabedoria Prática ("Sabedoria Prática", "Filosofia da Viagem" e "Elogio à Simplicidade", que já estão na terceira edição). Ano passado lançamos, Marcella Lopes Guimarães e eu, a Coleção Café com Ideias, cujo primeiro volume é "Diálogo sobre o Tempo: entre a filosofia e a história". Você pode encontrar no site: www.livraria.pucpr.br

Além disso escrevi "A solidão como virtude moral em Nietzsche"; "Para uma ética da amizade em Friedrich Nietzsche" e "Compreender Hans Jonas". Sou co-autor de: "Ética, técnica e responsabilidade"; "Vida, técnica e responsabilidade"; "Ética de Gaia"; entre outros.


Marcadores

Tecnologia do Blogger.

Pesquisar neste blog

domingo, 24 de julho de 2016





Obra será lançada na abertura do evento Devising 21st Century, 26.07, às 17h30



        A Editora Champagnat e o selo PUCPRess acabam de lançar o livro “Mosaico de cinco cores: princípios orientadores para os processos de ensino e aprendizagem na educação superior”, que sintetiza a experiência que vem sendo desenvolvida desde 2014 na PUCPR. O livro é o primeiro volume da Coleção Horizontes do Ensino Superior.
Com prefácio de Viviane Mosé, o livro reúne textos de diferentes matizes, escritos a três mãos, pelo atual pró-reitor de graduação da PUCPR, Prof. Vidal Martins, pela diretora de suporte à graduação, profa. Cinthia Spricigo e pelo professor do programa de pós-graduação em filosofia, Jelson Oliveira. Como o título sugere, o texto é um mosaico e inclui também outras contribuições: após a apresentação teórica e metodológica de cada um dos cinco princípios, o leitor encontrará um capítulo cujo objetivo é relatar a experiência de docentes e gestores com cada um dos cinco princípios orientadores do ensino de graduação. Encontram-se aí textos de professores de várias áreas do conhecimento e de gestores envolvidos com o processo de mudanças: a professora da área de Letras, Rosane de Mello Santo Nicola escreve sobre a experiência com aprendizagem autorregulada; Cauê Krüger, do curso de Ciências Sociais, escreve sobre senso crítico; Simone Malucelli, do curso de Direito relata a experiência com o princípio da dedicação; a decana da escola de Comunicação e artes, Eliane Francisco e o decano da Escola de Educação e Humanidades, Kleber B. B. Candiotto, relatam a experiência com cooperação; e a professora Elisangela Ferretti Manffra, do programa de pós-graduação em tecnologias da saúde e coordenadora do CrEAre (Centro de Ensino e Aprendizagem) escreve sobre honestidade no contexto acadêmico.
O livro é ao mesmo tempo uma partilha e uma convocação. Amparados em uma reflexão sobre a missão da educação na formação de sujeitos autônomos, cooperativos, dedicados, críticos e honestos, os autores oferecem um texto que não é só discurso teórico, mas, sobretudo, palavra vivida. O livro, por isso, ao partilhar ideias e contar experiências, traduz a convicção de que as mudanças educativas começam por uma afirmação ética de princípios que orientem as práticas educativas na graduação e, com isso, preparem os egressos para uma ação cidadã em benefício de toda a comunidade da vida no planeta. Autonomia, dedicação, cooperação, senso crítico e honestidade são as cinco cores que hão de renovar nossos olhares sobre as práticas da instituição universitária no século XXI.
Mosaico de cinco cores será lançado na abertura do “Devising 21st Century”, evento internacional sobre os desafios para a educação superior, que será realizado entre os dias 26 e 28 de julho na PUCPR, com a participação de grandes pensadores da educação na atualidade.


Maiores informações: http://devising21.pucpr.br